• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
    • Livro Verso Banner
    • bannerouro
    • Siga-nos no Twitter
    • PELE111
    • O Verso dos Trabalhadores: livro reúne fotografia e literatura
    • Clique aqui e confira a reportagem "O Ouro Branco do Araripe"!
    • Siga-nos no Twitter!
    • Conheça o serviço de Peticionamento Eletrônico

    Codemat tem nova coordenação nacional. Procurador de Pernambuco assume a pasta

    A Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho (Codemat) do Ministério Público do Trabalho (MPT) tem novos procuradores na titularidade. Por meio de portaria publicada nesta quinta-feira (3), assumem a pasta os procuradores do Trabalho Leonardo Osório Mendonça (Pernambuco) e Rodrigo Raphael Rodrigues de Alencar (Alagoas), respectivamente como coordenador e vice. A mesma portaria também definiu os novos coordenadores das demais coordenadorias nacionais do MPT.

    Polo têxtil | Procurador critica o uso da informalidade como forma de fraude à legislação

    "A informalidade existe e nós sabemos. Mas temos ciência também de que ela está ligada ao trabalho autônomo, o que não é necessariamente o que temos visto no polo de confecções de Pernambuco. A informalidade, em parte, tem sido justificativa para se usar da ilegalidade como expediente, o que tem gerado uma série de danos, sobretudo no mundo do trabalho." A fala é do procurador do Trabalho José Adilson Pereira da Costa, palestrante no Seminário Trabalho Seguro e Saudável no Polo Têxtil do Agreste, promovido pelo Grupo de Trabalho Interinstitucional de Prevenção de Acidentes de Trabalho da 6ª Região (Getrin6), nesta quinta-feira (27), em Caruaru.

    MPT se reúne com Governo do Estado e representantes de empresas terceirizadas

    Para tratar do crescente número de procedimentos que tem chegado ao Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco, envolvendo a falta de pagamento de trabalhadores terceirizados do Governo do Estado, o procurador-chefe do órgão, José Laízio Pinto Júnior, se reuniu com o procurador geral do Estado, Antônio César Caúla Reis, e com representantes de entidades sindicais. O encontro foi na manhã desta quarta-feira (26) na sede do MPT, no Espinheiro. O MPT deseja que o pagamento das verbas seja efetuado o mais rapidamente possível.

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal